quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

barquinhos dos piratas

Bem, isto nem é bem uma receita, é quase uma dica, muito simples, que resulta muito bem nas festas de crianças, eles deliram e nós comemos:)
O meu filhote achou por bem decorar os barcos dos piratas, um palito, uma vela, e o barquinho transforma-se num barco dos piratas, propriedade do Capitão Gancho, a velejar sob a supervisão do Peter Pan pelas águas da Terra do Nunca. 

Os barquinhos foram comprados numa loja tipo esta.

Precisamos de:
- barcos de baunilha
- metade de uma lata de  leite condensado
- 2 gemas de ovo

- chocolate culinária
- margarina


Bater as gemas com o leite condensado até ficar um creme homogéneo.
Levar ao lume até engrossar, deitar numa taça para arrefecer.
Deixar arrefecer colocando papel vegetal mesmo por cima do creme.
Quando esfriar. rechear até 1/3 os barquinhos.
Derreter um pouco de chocolate culinária com a margarina e deixar arrefecer um pouco, deitar por cima do creme.

3 comentários:

  1. Tão bom :)
    Posso levar um barquinho?? ;)

    Bjs grandes**

    ResponderEliminar
  2. Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes pratos tão bem confeccionados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
    Cumprimentos a todos!

    http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Bom dia,

    Em primeiro lugar quero dar-lhe os parabéns pelo seu blog.
    Encontrei-o muito ao acaso enquanto pesquisava fotografias dos barcos de baunilha que comercializamos, visto o fornecedor ainda não nos ter disponibilizado.
    Entretanto encontrei a sua, que me pareceu muito adequada.
    Tomei a liberdade de a colocar online no site e vinha nesse sentido pedir a sua autorização para a manter.
    Com os melhores cumprimentos
    Nuno Torgal
    (Sócio-gerente da Casa Januário)

    ResponderEliminar