domingo, 28 de setembro de 2014

Bolinhos de cerveja preta, pêra e alfarroba

Gosto de ler e de saber a opinião dos outros.
Tenho a minha, influenciada pela minha personalidade e pela minha forma de estar na vida.
Sou de extremos: quando gosto, gosto muito e quando não algo não me cai bem, dificilmente mudarei de opinião.
Tenho a minha quota parte de desencantos, de desilusões, de desgosto e, quando julgava estar numa fase da minha vida em que isso dificilmente acontece, por vezes ainda levo umas bofetadas sem contar. Com a idade aprendi a dar às coisas, a importância que elas têm. 
No outro dia lia algures a opinião sobre o serviço nacional de saúde e, quanto a este, também tenho a minha opinião. Tenho a sorte de ter uma médica de família cinco estrelas, que me conhece pelo nome, apesar de ter 5000 doentes como eu. Tenho a sorte de ter, a tratar dos meus filhos há seis anos e meia, uma médica, do hospital público com quem tenho uma relação de proximidade e, a quem, posso ligar quando ficam doentes, quando as alergias pioram e para partilhar dúvidas e receios, para revelar os resultados dos exames e até, para por vezes ouvir uns sermões. Sou uma sortuda, talvez! Tenho tido a sorte de me rodear de pessoas, poucas, que se interessam por mim e pelos meus.
No meio de tantas idas ao hospital, tantos exames tenho a sorte de ter a doutora Susana, a doutora Ana, a enfermeira Joana e até as auxiliares que nos recebem sempre de sorriso nos lábios no hospital. E, um sítio difícil, torna-se num sítio tão mais fácil devido ao profissionalismo, dedicação, sorriso e simpatia de todos estes seres com que nos cruzamos.
Sou uma sortuda e os meus também. 
E para celebrar as coisas boas, que também as há, todos os dias mesmo que pareçam insignificantes, aqui deixo uma das melhores receitas dos últimos tempos.



Precisamos de:
*6 mini bolinhos

- 2 col. sopa generosas de manteiga com sal
- 2/3 de cup de açúcar mascavado escuro
- 1 col. sopa de alfarroba
- 1 cup de farinha
- 1 col. chá de fermento (usei Vahiné)
- 2/3 de cup de cerveja preta
- 1 ovo
- 1 pêra descascada e cortada em cubinhos

1. Derreter a margarina.
2. Bater o ovo com o açúcar e, reservar um pouco do açúcar para polvilhar as formas.
3. Peneirar farinha, fermento e alfarroba.
4. Adicionar os restantes ingredientes e misturar bem.
5. Untar cada forminha, polvilhar com açúcar e colocar pedacinhos de pêra.
6. Adicionar cuidadosamente a massa e levar a cozer a 170º cerca de 15m.
7. Servir com creme fraiche ou iogurte grego natural.

4 comentários:

  1. Mas que receita tão curiosa, gostei imenso do aspecto!

    ResponderEliminar
  2. Olá :)....
    Que estrondoso aspecto e excelente sugestão :D..... 5 ***** ;)....
    Beijocas

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. que bela sugestão!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Parecem-me muito bem! E concordo contigo quanto ao SNS, apesar de ter os seus problemas, que tem, não deixamos de ser muito sortudos por a ele podermos recorrer.

    ResponderEliminar