domingo, 18 de agosto de 2013

Massa integral com courgete e uma espécie de pesto

Os meus  putos são engraçados, fazem sempre o que menos esperamos. São barulhentos, implicativos um com o outro, curiosos e "perguntadores". São carentes por vezes, outras super independentes mas, a dada altura, ambos procuram o colo de mãe. 
Contam, aos tropelões, o que lhes acontece no seu dia-a-dia, riem-se de tudo e de nada. E se começam às gargalhadas...senhores, não param, têm um riso contagioso e riem-se até ficarem com soluços. 
Vão crescendo a uma velocidade assustadora, a roupa vai mingando como se tivesse pertencido a outro que não eles. 
São muito inteligentes, ficam suspensos nas nossas palavras e ouvem tudo com atenção, registando coisas que nem nos apercebêramos que ouviram. Sabem a duração da vida da formiga, ou o recorde do edifício mais alto do mundo!
Uns dizem que são parecidos com o pai, outros dizem que são parecidos com a mãe. Eu acho que são parecidos com eles mesmos. Um é reservado, com um sentido de humor aguçado, responsável e está quase do meu tamanho, dá-me beijos de fugida e está sempre preocupado com a família; o outro, diz que coisas que não lembra a ninguém, é um miúdo tão forte e feliz, vê sempre em mim o seu refúgio e coloca-nos em situações embaraçosas... 
Adoram-se um ao outro, de paixão, são felizes quando estão juntos, apesar de os separar 5 anos e meio. São muito felizes por se terem um ao outro (mesmo que Às vezes achem que não) e eu, sou uma mãe orgulhosa e apaixonada por estes dois putos, um de olhos azuis e outro, quase pretos que transformaram a minha vida num estado de felicidade preenchida, absoluta, menos quando discutem.
Comem coisas que não são normais na sua idade, vão provando de quase tudo e adoram ir connosco ao mercado biológico. Um adora massa, o outro nem por isso, a não ser que seja integral ou fresca. E às vezes faço malabarismos para agradar aos três, outras agrado-me a mim mesma.



Precisamos de:
*Massa:
- 1 courgete amarela (cortada às meias luas, com casca)
- massa integral
- um fio de azeite
- sal q.b.
- queijo fresco paiva light

1. Cozer a massa "al dente" em água salgada.
2. Numa frigideira colocar um fio de azeite e deixar aquecer.
3. Acrescentar a courgete e deixar saltear.
4. Temperar com sal e pimenta e deixar terminar de cozinhar.
5. Escorrer a massa, adicionar a courgete, o queijo e o "pesto" e misturar muito bem.

*uma espécie de "pesto" (alterado):
- 30g de folhas de manjericão grandes
- 2 dentes de alho pequenos
- 1 tomate seco 
- azeite q.b.
- 1 col. sopa de manteiga de amendoim
- sal e pimenta q.b.

1. Colocar todos os ingredientes do molho no robot e triturar até ficar bem emulsionado (na B.♥  vel. 5-7-9)


Nota: Esta espécie de "pesto" é adequada para intolerantes ao leite de vaca, alérgicos ao ovo.

9 comentários:

  1. Ora aqui está uma receita ao meu gosto:)

    Saudável, leve e maravilhosa:)

    Esse molho pesto sem os pinhões só ficou ainda mais saudável:)

    Adoro esse molho.

    A tua massa está linda

    Beijinho grande e bom domingo

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito do teu post,tens um filhos maravilhosos...
    A sugestão é uma delicia,gostei do teu pesto.
    Bom domingo
    bj

    ResponderEliminar
  3. Foi bonito ler o teu texto sobre os teus filhos :) Parabéns mamã orgulhosa e babada :) mas quais sãos os pais que não são babados?

    Essa massinha está com muito bom aspeto.

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Que prato delicioso de massa, bem do meu agrado ;) beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Que pratinho de massa delicioso! Os meus filhos também adoram ir ao mercado e trazer frutas e legumes diferentes. É sempre uma aventura! Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Adorei esta versão de pesto! Gosto de pesto de tudo, nunca me lembrei de lhe juntar manteiga de amendoim... ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Gostei imenso desta sugestão.
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/08/5-edicao-escolha-do-ingrediente-e.html

    ResponderEliminar